• Grelak Comunicação
  • Grelak Comunicação
  • Grelak Comunicação
Red Foot Racing Team retoma atuação em trio em sua terceira Cascavel de Ouro

17/04/2018 - Red Foot Racing Team retoma atuação em trio em sua terceira Cascavel de Ouro

PH Costa, Fábio Tokunaga e Mário Garibaldi vão defender a equipe de Maringá na disputa pelos R$ 150 mil em prêmios na corrida de novembro
A Red Foot Racing Team, equipe de automobilismo com sede na cidade paranaense de Maringá, confirma pelo terceiro ano consecutivo presença no grid da Cascavel de Ouro. A corrida longa mais tradicional do Paraná terá sua 32ª edição no dia 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, distribuindo aos pilotos a inédita premiação de R$ 150 mil. Tal qual ocorre desde 2014, o grid segue restrito a carros de Marcas 1.6.

Inscrito sob o número 333, o VW Gol da Red Foot terá um trio de pilotos. Paulo Henrique Costa, Mário Garibaldi Filho e Fábio Tokunaga vão revezar sua pilotagem. O trio estreou em 2016 com uma das maiores evoluções ao longo da Cascavel de Ouro, largando em 37º e terminando em 15º. Em 2017, Costa e Tokunaga ficaram em 28º, ganhando 20 posições. Garibaldi correu em dupla com Rafael Colombari e foi 34º colocado, depois de largar em 50º.

“Nossa primeira Cascavel de Ouro marcou a estreia de nós três com os carros da categoria Marcas. Depois disso tivemos a oportunidade de correr em Interlagos, o que era um sonho para nós”, lembra Costa. “Em 2017 pudemos inscrever dois carros em Cascavel. Agora voltamos ao formato da estreia, com um carro e três pilotos. O que não muda é a nossa vontade de seguir evoluindo e de terminar a corrida entre os dez primeiros colocados”, manifesta.

Costa e Tokunaga seguirão disputando o Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos de Londrina em 2018. Garibaldi voltará ao grid da Turismo Nacional, a versão reconfigurada do Brasileiro de Turismo 1600 – ele participou de uma das etapas do campeonato em 2017. Para Costa, inclusive, o fim de semana da Cascavel de Ouro será de missão dupla: o piloto inscreveu um VW Voyage na Gold Classic, torneio preliminar que terá carros antigos na pista

A 32ª Cascavel de Ouro tem seu grid limitado tecnicamente a 50 carros. O treino classificatório levará os 40 mais rápidos ao grid. Os demais terão uma corrida de repescagem que vai definir as 10 vagas restantes. Uma novidade no regulamento é que pilotos não classificados poderão, sem custo e a seu inteiro critério, transferir a inscrição para outro carro classificado – tais tratativas serão conduzidas pelos pilotos, sem interferência da organização.

INSCRIÇÕES
Abertas em fevereiro, as inscrições para a Cascavel de Ouro têm custo de R$ 5.000 por carro, com possibilidade de inscrição em dupla ou em trio. As inscrições efetivadas até dia 30 de abril terão desconto de 20% para os pilotos, a preço final de R$ 4.000. Mais informações podem ser solicitadas por e-mail, com mensagens para o endereço cascaveldeouro2018@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052, disponível também para WhatsApp.

A Cascavel de Ouro de 2018 terá uma premiação inédita de R$ 150 mil. O prêmio será dividido em R$ 100 mil para os vencedores. O segundo lugar vai valer R$ 20 mil. Estão reservados prêmios de R$ 12 mil para o terceiro e de R$ 8 mil para o quarto lugar, além de dois prêmios de R$ 5 mil para a pole position e para o quinto lugar na corrida. Em 2017 a prova teve inscrição de 56 carros. Foram 121 pilotos de 14 estados brasileiros e do Distrito Federal.

17/04/2018 - Grelak Comunicação - Fotos: Humberto da Silva

Legenda 1: O trio da Red Foot Racing Team vai disputar a Cascavel de Ouro com o VW Gol número 333

Legenda 2: PH Costa, Fábio Tokunaga e Mário Garibaldi Filho voltam a atuar em trio na Cascavel de Ouro

Legenda 3: A Gol da Red Foot Racing Team, equipe que tem sede em Maringá, cidade do Norte paranaense

Grelak Comunicação - Todos os direitos reservados
+55 45 3306-7199 / 99937-3877 - corrida@grelak.com.br